Esses dias..

09/03/2011

Eu ando com uma agonia que me consome, um nó na garganta que me sufoca e por esse mesmo motivo não consigo me expor, não consigo desabafar.

************************

Eu ando com raiva, não aquela raiva que você xinga e ela vai embora, eu ando com aquela raiva que só se acumula, que faz morada, que você sente todo dia, aquela que fica maquinando coisas na sua cabeça.

************************

Eu ando decepcionada, pois mantive uma imagem de uma pessoa intocável durante muito tempo e hoje percebo o quanto fui tola, o quanto me deixei levar por palavras vazias, por falso moralismo, por sentimentos mesquinhos e mesmo achando que nada mais pudesse me afetar, me permiti sofrer novamente.

************************

Apesar de tudo isso, tem dias que me salvo de mim mesma, tenho ótimos amigos que me ajudam nisso..tenho uma amiga que sempre me escuta, uma que sempre me xinga ( tentando me acordar pra vida..rs.. ), uma que com toda sua ingenuidade consegue me acalmar, um que me faz rir até doer o estômago, um que toca guitarra e faz um churrasco como ninguém, um que imita o clodovil e denigre a minha imagem no blog dele..rs..um politicamente correto e romântico..ele consegue agradar todos os lados..rs..e por fim um namorado que apesar dos meus dias calados tá sempre do meu lado, sem fazer perguntas mas sempre disposto a me fazer um cafuné.

************************

Enfim..e assim seguem os dias.

Pessoal, OBRIGADA pelas risadas, pelas conversas sérias ou mesmo só pela cerveja com a galera .!

Um monte de BEEEEJO


******************************


” Eu queria ser de ferro.

Aquelas mulheres inatingíveis.

Queria que nada me cortasse a pele.

Que nada perfurasse meu coração.

Queria que não machucasse.

Queria que fosse possível aprender só com as coisas boas, só.

Queria que as coisas ruins não existissem, nem a duvida, nem as perguntas, nem isso que me sufoca.

Queria ser de ferro…

Autor Desconhecido


Meio assim..

27/02/2011

 

 

“Chorar por tudo que se perdeu, por tudo que ameaçou e não chegou a ser, pelo que perdi de mim, pelo ontem morto, pelo hoje sujo, pelo amanhã que não existe, pelo muito que amei e não me amaram, pelo que tentei ser correto e não foram comigo. Meu coração sangra com uma dor que não consigo comunicar com ninguém, recuso todos os toques e ignoro todas as tentativas de aproximação. Tenho vontade de gritar que essa dor é só minha, de pedir que me deixem só e em paz com ela, como um cão com seu osso. A única magia que existe é estarmos vivos e não entendermos nada disso. A única magia que existe é a nossa incompreensão”

C.F.A.

” Mas se eu tivesse ficado, teria sido diferente? Melhor interromper o processo em meio: quando se conhece o fim, quando se sabe que doerá muito mais — por que ir em frente? Não há sentido: melhor escapar deixando uma lembrança qualquer, lenço esquecido numa gaveta, camisa jogada na cadeira, uma fotografia — qualquer coisa que depois de muito tempo a gente possa olhar e sorrir, mesmo sem saber por quê. Melhor do que não sobrar nada, e que esse nada seja áspero como um tempo perdido

C.F.A.

 

 

Ando..

Meio assim..

Meio assado..

Meio mais ou menos..

Meio no meio sabe .?

 

Beeeejo