Ainda..

01/11/2012

Hoje eu me peguei escutando uma das nossas musicas mais uma vez..
O coração tava sentindo tanta falta que
eu quase não percebi as lágrimas
escorrendo pelo rosto contra a minha
vontade.
Eram muitas, tantas que por um
momento fiquei preocupada – meu Deus,
eu ainda o amava? Nem sequer lembrava
mais de quando tinha sido a minha ultima
recaída – eu jurava que já tinha superado.
Mas o que era aquele aperto no peito?
O que era aquela vontade insaciável de pegar
o telefone e ligar pra ele correndo? Será
possível que ainda, depois de tanto tempo,
existia um restinho de amor incubado no
peito? Eu não sabia o que dizer, muito
menos o que pensar. Eu já não sabia mais
como lidar com aquilo tudo, eu já tinha
chorado tantas vezes por ele, já tinha
mordido o travesseiro pra ajudar a
aguentar a dor no coração tantas vezes
mais, mas tudo isso tinha sido antes. Antes
de eu superar, antes de eu ser capaz de
sair sorrindo por ai sem que o motivo do
sorriso fosse ele. Eu não era mais a mesma,
meu coração tava mil vezes mais forte. Mas
porque diabos eu tava ali, igualzinha a
antes, encolhida na cama chorando
baixinho pra ninguém ouvir? Melhor,
porque é que eu tava chorando? Dizem
que a gente só ama uma vez na vida,
mas isso não pode ser válido quando o
cara não te ama de volta, né? Não podia
ser, não pode ser. Seria injusto demais
amar pra sempre alguém que não sabia
nada sobre o amor. E amor não faz a gente
ter vontade de arrancar o coração do peito,
amor dá vontade de ter mais corações pra
poder ter mais espaço pra amar, certo?
Pronto, não era amor, era só a música. A
letra era bonita demais, era isso – pela
amor de Deus, tinha que ser isso!

Anúncios

Seja Forte..

23/02/2012

‎” Levanta dessa cama garota. Anda!

Sei que tá doendo, mas levanta.

Coloca uma roupa. Passa a maquiagem. Arruma esse cabelo. Ajeita a armadura. Segura o coração.

Sai por aquela porta. Enfrenta o vento. Sorri pro sol. Segura o coração.

Olha pra ele. Passa reto. Não caia. Não caia. Engole o choro. Finge de morta quando ele falar com você. Seja fria. Continue andando.

Enfrente seus problemas de cara. Reaja. Vai.

Tá pensando que é só você que sofre? Tá enganada.

Anda menina. Para de ser infantil. A culpa não é de ninguém…Se apaixonou agora segura.

Anda. Seja forte. Seja feliz. Seja uma mulher.! “

Caio Fernando Abreu

‘ Just breathe.!


18/01/2012

Não vou parar a minha vida, na verdade eu não posso.

Já perdi tempo demais antes, já deixei de fazer tantas coisas. Mas agora não vou cometer os mesmos erros.

Eu tenho que continuar, ir em frente.

Tenho que fazer com que as coisas melhorem, preciso dar um rumo diferente a minha vida.

Não posso parar, cada segundo é precioso nessa altura do campeonato.

 Não tenho tempo pra me abalar, nem passar noites em casa chorando.

Doendo ou não, eu tenho que seguir.

Tenho que fazer alguma coisa por mim, pelo menos dessa vez.!

“ Ame o que é seu, não desperdice sentimentos com quem resolveu ficar no passado.! ”

 ( já passou da hora disso entrar na minha cabeça )

Um Beeeejo


Ai ai viu.!

30/11/2010

O nome desse post já foi o nome do meu antigo blog, do qual eu estava me lembrando hoje, não sentindo falta, apenas lembrando.Não me permito sentir falta dele, porque sentir falta dele significa sentir saudades do que eu vivia naquela época.E isso eu não sinto.

Mas também não posso simplesmente ignorar tudo o que passou, até porque tudo aquilo ( tristezas, alegrias, lágrimas, risadas tudo junto e misturado.rs. ) me fez ser o que sou hoje, de certa forma eu tinha até que ser grata.O que ainda não sou evoluída o suficiente para fazer.Espero ser um dia.

Ainda é difícil relembrar certas coisas. ( Por isso vamos deixar esses detalhes pra um outro post, num outro dia, num outro mês, e por aí vai.. )

O que importa é que hoje, não ontem e amanhã quem sabe, mas HOJE eu me sinto muito bem, bem comigo mesma, não me culpo e nem lamento.

Aprendi a aceitar o peso das minhas escolhas e assim me permiti seguir em frente.

E hoje entendo o significado da frase : ” Quando você sorri pra vida ela te sorri de volta. “

E a forma dela me ‘ sorrir ‘ foi juntando os meus pedacinhos, e me deixando inteira novamente, mas ainda havia algo em mim que permanecia escondidinho e bem quietinho, mas isso também mudou, quando mais uma vez a vida me surpreendeu e me trouxe você.

E hoje o que estava bem escondidinho e quietinho bate mais forte toda vez que eu te vejo.

E eu entendi que  Deus não te tira as coisas, Ele te livra delas .!

Um Beeejo